Posts com Tag ‘solidariedade’

Roda de Conversa - Arte e Indentidade Cultural na construção de um Mundo Solidário

Por Samir Raoni

A Arte tem um poder de reencantar o mundo? Para que serve a Arte? Ela possibilita conexões com outras possibilidades do existir ao ampliar a sensibilidade e a imaginação? Qual seu papel nos contextos sociais e históricos ao trazer novos elementos identitários ao cenário civilizatório de uma região, país ou do planeta? Qual a sua contribuição para uma cultura do ser e para a criação de outras visões de mundo? Essas foram algumas das perguntas norteadoras da vivência Arte e Cultura Pelo Reencantamento do Mundo realizada pelo Coletivo Samaúma de 23 à 25 de Outubro no Instituto Refazenda – Unidade Demonstrativa de Permacultura, localizado no município de Santa Barbara, PA.

A Vivência foi inspirada no Caderno de Proposições para o Século XXI, Rede Mundial Artistas em Aliança, escrito pelos artistas Hamilton Faria, Pedro Garcia, Bené Fonteles e Dan Baron.

Poliálogo - A Conexão Arte Sociedade

O objetivo foi desenvolver o intuir entre os envolvidos, ampliando a percepção através de rodas musicais, cantos e danças envolvendo o corpo na ampliação dos sentidos através da Yoga, Alimentação Vegetariana Orgânica e Ecologica, Poliálogos Tematicos, Roda de Musicas, Danças Intuitivas e Cine-Consciência pudemos evoluir coletivamente, sempre polarizando a importância de desenvolvesse em grupo.

O Instituto como uma aldeia, com demandas diárias de colher e preparar o alimento, necessita de práticas diárias que geraram relações mais intimas e humanas, permitindo que o encantamento se manifeste com amor e amizade. Praticar é a chave para a construção, é o portal para o Reencantamento do mundo.

Nessa Aldeia Coletiva precisamos nos (re)conhecer enquanto única unidade. Unidade que transpira a necessidade de desacelerar, de sentir o sol, vê-lo nascer, circundar no céu de forma cíclica para ao fim da tarde pôr-se com nuvens purpuras, dando lugar as estrelas e seu céu infinito de uma lua que de tão nova faz renascer um outro encantamento para o mundo através das relações humanas, fazendo dos olhos da arte suas mais plurais linguagens, expressão universal, capaz de reiventar a vida com poesia e encantamento.

Roda de Conversa - Arte, Cultura e Práticas Solidárias Pelo Reencantamento do Mundo

A vivência se ramificou em Nove Momentos

O primeiro foi no dia vinte e três pela tarde, regada por uma acolhida purificadora no igarapé da comunidade São João Batista, acompanhado de violão e poesias nascentes. O Segundo momento iniciou no dia vinte e quatro, na manhã da Roda do Despertar com Yoga e Cantos de Mantras. O Quarto momento aconteceu pela noite na sessão Cine-Consciência com documentários sobre Espiritualidade, Ecologia e Arte. O quinto momento aconteceu pela manhã do dia vinte e cinco com danças e cantos intuitivos, dinâmica que proporcionou um despertar aos sentidos. O sexto momento aconteceu no circulo d’alma após ter passado na trilha da floresta, indo para as nascentes do Igarapé. Lá realizamos uma Roda de Diálogos sobre O VII Congresso Mundial da IDEA 2010. Congresso que surge na necessidade de celebrar e praticar a diversidade cultural como uma garantia pela democracia viva e participativa; e a necessidade de abraçar pedagogias baseadas nas artes e em nossas linguagens, saberes e técnicas de transformação para democratizar nossas comunidades e nosso mundo. O sétimo momento aconteceu no fim da tarde, os raios de sol douravam o céu enquanto debatíamos mais um capitulo do livro ‘Arte e Identidade Cultural’, tema que gerou vários depoimentos do grupo. O oitavo momento foi a noite com a exibição do longa metragem La Bele Vert, uma genial comédia francesa de ficção científica com temática ufológica. A trama toda é centrada em Mila, uma extraterrestre de 150 anos e cinco filhos, que vem à Terra como parte de uma coalização intergaláctica. De um planeta adiantadíssimo, a alienígena vem para nos trazer uma mensagem de harmonia com a natureza. O nono momento foi o circulo de encerramento, mandala humana que permitiu avaliarmos o desenvolvimento de nosso encantamento e aprimoramento interno.


Elos que se fortalecem

Samir Raoni, coordenador de Cultura de Paz do Coletivo Samaúma esteve em Agosto em São Paulo em motivo do III Fórum do Brasil Memória em Rede representando a ONG Argonautas Ambientalistas da Amazônia, na oportunidade fez visita ao Instituto Pólis, realizadores do Pontão Convivência e Cultura de Paz parceira dos Argonautas, realizadores do Pontão de Cultura Rede Amazônica de protagonismo Juvenil. A visita veio sendo construída deis de Outubro de 2008, quando o Pontão Pólis veio a Belém realizar a ‘Roda de Conversa’ com o Pontão Argonautas.

Hamilton Faria, coordenador do Pontão Pólis presenteou Samir Raoni com vinte livros ‘Arte e Cultura Pelo Reencantamento do Mundo’ a um acervo de metodologias socioculturais que contribuiu para a inspiração da vivência.

Roda com artistas e colaboradores do GAM 

  O Ponto de Cultura Galpão de Artes de Marabá, em parceria com o Instituto Transformance, Pontão de Cultura Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil e Movimentos Culturais, realizaram de 22 a 26 de Setembro nos Municípios de Parauapebas, Eldorado dos Carajás e Marabá, o I Fórum Rios de Encontro da Cultura Solidária da Região Carajás, que transformou a região durante 05 dias na capital cultura do Estado, reunindo inúmeras entidades que desenvolveram na região atividades artísticas democratizando a cultura em nosso Estado.Durante os 05 dias de atividades que se iniciaram no Município de Parauapebas com abertura, a Caravana da Cultura Solidária realizou inúmeros cursos e oficinas na cidade, durante os dias 22 e 23, reunindo centenas de participantes em inúmeras ações como oficinas de teatro, dança, artes visuais, dentre outras, levando assim a arte e a cultura para toda comunidade.

No dia 24 a Caravana da Cultura solidária aportou no município de Eldorado dos Carajás, realizando ações artísticas, culturais e tecnológicas, o Pontão de Cultura Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil ministrou oficinas de audiovisual, construção de Blogs, Radio Web e fez documentário do Fórum.

Oficina de Web 2.0 - A Internet Colaborativa

Oficina de Web 2.0 - A Internet Colaborativa, Infocentro Bairro Independência, Marabá

A oficina Web 2.0 Blog – A Internet Colaborativa, ministrada por Samir Raoni foi realizada em Eldorados do Carajás no Infocentro do Assentamento 17 de Abril, já a oficina de Web Rádio, ministrada por Nilton Silva aconteceu na Casa da Juventude Camponesa do Assentamento 17 de Abril. E nos dias 25 e 26, a Caravana do Fórum Rios de Encontro, chegou ao seu destino final, o município de Marabá, onde foram realizadas mais de 30 atividades artísticas e culturais, que aconteceram nos Bairros do Cabelo Seco, São Felix e Liberdade, cumprindo assim o seu papel de levar arte e cultura para os bairros mais afastados do centro da cidade.

O evento teve como objetivo abraçar reflexões, ações e intervenções para celebrar a cultura e as linguagens artísticas como caminhos essenciais de transformação social e pessoal, motivando assim a criação de políticas públicas para a cultura e educação, cultivando uma Rede de Cultura Solidária para fomentar o processo de desenvolvimento cultural da Região Carajás.

As atividades do fórum se encerraram na noite de sábado 26, com um grande encontro cultural na praça da Liberdade, onde inúmeros grupos culturais do bairro, organizados pela Biblioteca Ozana Lopes de Abreu, chamou atenção de centenas de pessoas que viram de perto as expressões artísticas do seu bairro, que foram aplaudidos e ovacionados pela comunidade presente no evento.

a-orla-no-bairro-francisco-coelho-recebeu-inumeras-atracoes-culturais

a-orla-no-bairro-francisco-coelho-recebeu-inumeras-atracoes-culturais

A Proposta do Fórum é inspirada no Fórum da Cultura Solidária que acontece na Villa El Salvador, na periferia da cidade de Lima, Peru, mobilizado pelo centro cultural Vichama Teatro. Hoje em sua quinta edição, mobiliza em torno de 30.000 pessoas, entre artista, educadores, associações comunitárias, intelectuais, grupos e produtores culturais, estudantes, crianças e jovens, que durante uma semana realizam seminários, oficinas, apresentações artísticas, cortejo cultural e cursos de formação nas comunidades.

Ver mais no Flickr>>>