Posts com Tag ‘Museu da Pessoa’

A reunião de planejamento e avaliação 2009 do BMR aconteceu dias 10 e 11/12 em São Paulo, no Museu da Pessoa. Seus objetivos foram avaliar a produção do BMR até o momento, realizar uma leitura sobre o futuro da rede, planejar o ano de 2010 e encaminhar livro do BMR para publicação. Estiveram presentes representantes de seis pólos regionais (Paraíba, Goiás, Ceará, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina), além de Denísia Martins Borba, antiga colaboradora da rede, e representantes do Museu da Pessoa.

O encontro foi produtivo e desenvolveu um plano de ação para a rede, prevendo, entre outros encontros menores, a realização de um seminário nacional de memória a ser realizado no Rio Grande do Sul. Também foram discutidas possibilidades de captação de recursos e propostas para 2010.

Além disso, a rede se propôs a fortalecer e propor novas parcerias institucionais da rede com órgãos como MinC, Ibram e TV Brasil, além de fechar parceiras com os Pontões de Cultura Digitais para realização de formações em software livre.

Fonte: www.bmr.org.br

Museu da Pessoa

O Pontão de Cultura Brasil Memória em Rede, do Museu da Pessoa, realizou um edital para selecionar organizações interessadas em participar de uma formação na metodologia do Museu da Pessoa. A formação acontecerá em São Paulo, no Museu da Pessoa em quatro etapas. A primeira acontecerá já no dia 13 e 14 de novembro próximos.

O objetivo é formar organizações e Pontos de Cultura que possuam interesse em desenvolver um projeto de memória ou que já estejam desenvolvendo e queiram aperfeiçoar sua técnica de registro de histórias de vida. A formação também tem o objetivo de integrar os participantes ao Brasil Memória em Rede, tecendo uma rede de contatos e troca de experiências entre esses e entre as outras organizações participantes.

As organizações selecionadas foram:

– Associação Rede Cananéia e Ponto de Cultura “Caiçaras”/IPeC
– Núcleo Memórias do ABC da Universidade Municipal de São Caetano do Sul
– Companhia As Bárbaras de Multeatro
– Associação da Comunidade de Remanescentes do Quilombo da Fazenda – Ubatuba/SP
– Ponto de Cultura Audiovisualistas (Associação Centro Cineclubista de São Paulo – CECISP)
– Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza
– Conectas Direitos Humanos
– Instituto Elos Brasil
– Instituto Fazendo História
– Associação Comunitária Monte Azul
– Museu Municipal Gustavo Teixeira
– Fundação Perseu Abramo – Centro Sérgio Buarque de Holanda – documentação e história política.
– Instituto Polis
– Reino da Garotada de Poá
– Centro de Pesquisa e Documentação São Miguel Paulista – Fundação Tide Azevedo Setubal
– Universidade Cruzeiro do Sul/Programa de Pesquisa em Educação de Jovens e Adultos – PROEJA/Centro de Documentação em Educação e Cultura – CEDEC.

Solicitamos aos selecionados que confirmem a presença até terça feira, dia 10 de novembro. Informamos que as organizações que se inscreveram mas não foram selecionadas serão mantidas em nosso mailing e informadas de nossas próximas formações.

Campanha Histórias de Mudança

O mundo não é estático, grandes ou pequenas histórias de mudança acontecem todos os dias ao nosso redor. E cada uma delas tem seu papel na construção coletiva da história humana. Partindo da certeza de que cada trajetória transforma, o Museu da Pessoa lança a campanha Histórias que Mudam o Mundo, ação que reunirá num painel colaborativo vídeos com histórias de mudança de todo o país.

Esta é uma notícia-convite. Convidamos interessados de qualquer lugar do Brasil e do mundo a assistir os vídeos com histórias de transformação que já estão no site http://www.museudapessoa.net/MuseuVirtual/hmm . A primeira fornada veio de uma releitura do acervo do Museu da Pessoa, instituição que busca contribuir para tornar a história de cada pessoa valorizada pela sociedade e já tem mais de onze mil entrevistas com histórias de vida em seus arquivos.

Esperamos que as próximas fornadas venham de vocês, internautas, produtores de vídeo e amadores dispostos em geral, queremos ouvir suas histórias de transformação. Vale mudança pessoal, crescimento individual ou aprendizado. Vale pequenas mudanças, aquelas do cotidiano que quase ninguém nota. Vale as enormes, que envolvem muitas e muitas pessoas. Vale a transformação de um local, de como aquela praça degradada foi recuperada ou como resolveram aquele problema no seu bairro. Vale também criações líricas, poéticas, que tal uma animação sobre aquela árvore que tanto representou para sua infância e agora se foi? Vale até mesmo críticas, gostaria de descer a lenha naquela transformação externa que mudou sua vida para pior? É uma boa hora, um grupo do Maranhão pretende contar como a soja cresceu demais em sua região e tomou terras de muitos produtores…

Queremos provas de que o mundo não fica parado. Vídeos que sejam ao mesmo tempo registro de uma transformação e exemplo de mudança, que inspirem outros a atuar ou alertem possíveis agressões. E não precisa se intimidar, cada um de nós é parte fundamental do todo, então quando uma pessoa muda ela carrega junto todas as outras.

A campanha fica no ar de 21/09 a 21/10, trinta dias de produção. A qualidade técnica não será fator fundamental, os vencedores serão escolhidos por votação popular, muito mais interessada em narrativas envolventes do que na arte final dos vídeos. Os vídeos devem ter um minuto, com uma tolerância de dez segundos para créditos ou aquele finzinho de fala, e só. Ah sim, o vídeo mais votado leva para casa um MacBook.

Não, o mundo não é estático. E queremos provar.ue