Posts com Tag ‘comunicadores’

PontoporPonto

A rede social Ponto por Ponto, desenvolvida pelo Pontão de Cultura Instituto Paulo Freire, organiza a Oficina de Comunicadores Culturais entre os dias 16 e 17 de novembro, em Fortaleza (CE). O evento conta com o apoio do prêmio Areté Cultura Viva – Eventos em Rede da Secretaria de Cidadania Cultural do Ministério da Cultura.

O público-alvo são os comunicadores culturais de 30 Pontos de Cultura da região norte e nordeste. A partir do envolvimento dos Pontos na rede social, identificamos o papel fundamental desses atores. Eles são os responsáveis por divulgar as ações além dos limites dos seus Pontos, contribuindo para garantir a visibilidade e a consolidação do trabalho cultural, ainda que eles não tenham formação formal na área da comunicação.

O evento traz a importância e a atuação dos comunicadores em seus Pontos e propõe a prática de algumas ações no âmbito da comunicação, tendo em vistas a democratização dos acessos aos direitos humanos à comunicação e à cultura.

Pontos Participante

PONTOS NO ENCONTRO ARETÉ – FORTALEZA
PONTÃO INSTITUTO PAULO FREIRE
TV Navegar – Amazônia
Coco de Umbigada – Olinda-PE
Galeria Zoon de Fotografia – Natal- RN
Sons da Vila – Natal
Casa da Ribeira – Natal
Girassol (Guerreiros Alagoanos)
Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil – Belém
Viva Favela – Papo Cabeça – Rio de Janeiro
Mocambos- Tainá – Campinas – SP
Núcleo de Comunicação Comunitária do Recife
Projeto Ganesha -SC
Rede Nordestina Audiovisual – PB
Eletrocooperativa – BA
Grãos de Luz e Griô – Lençóis- BA
Arraial do Saber –
Bankoma – Lauro de Freitas – BA
ABD Antares – Piauí

Confira a Programação da Oficina>>>>

PONTOS NO ENCONTRO ARETÉ – FORTALEZA
PONTÃO INSTITUTO PAULO FREIRE
TV Navegar – Amazônia
Coco de Umbigada – Olinda-PE
Galeria Zoon de Fotografia – Natal- RN
Sons da Vila – Natal
Casa da Ribeira – Natal
Girassol (

Tarde – Círculo de Cultura

14 às 15h – Discussão em grupo sobre o papel dos Comunicadores Culturais nos Pontos de Cultura

15h às 15h20 – Problematização das questões discutidas

15h20 às 15h40 – Apresentação de vídeo

15h40 às 16h – Considerações sobre o vídeo

16h às 17h30 – Exercício da construção de ações e estratégias de comunicação em um Ponto de Cultura

17h30 às 18h – Apresentação dos resultados


17 de novembro

Manhã – Rede social virtual Ponto por Ponto


10h às 11h – Apresentação da rede:

  • Missão e objetivos do projeto

  • Plano de trabalho em eixos de atuação

  • Recursos de navegabilidade, critérios de comunicação e ferramentas tecnológicas

11h às 11h30 – Avaliação dos Pontos de Cultura sobre a rede social

11h30 às 12h30 – Debate sobre o funcionamento das redes sociais

12h30 às 14h – Almoço


Tarde – Pontão Rede Boca no Trombone


14h às 15h – Apresentação da experiência da rede de Correspondentes Cultura Viva:

  • O que é o Pontão Rede Boca no Trombone?

  • Apresentação do vídeo da TV Futura sobre a rotina de produção

15h às 15h30 – Apresentação do Programa Ondas das Cultura

Escuta da edição nº 32 do programa e exercício de roteiro

15h30 às 16h30 – Exercício em grupos para a produção de um programa de rádio:

  • Elaboração de texto e roteiro para a gravação

  • Gravação de áudios e locuções

16h30 às 17h30 – Formação da Rede de Correspondentes Cultura Viva:

  • Escuta do material produzido

  • Apresentação do site da ONG Catavento

  • Instrução de como fazer o download na web do programa realizado

  • Como contribuir com a Rede de Correspondentes

17h30 às 18h – Avaliação e encerramento das atividades do evento


18 de novembro

(atividade opcional)

Manhã

9h às 13h – Oficina Prestando Contas


Serviço

Oficina de Comunicadores Culturais

Local: SESC Iparana
Rua José de Alencar, 150 – Fortaleza (CE)

Data: 16 e 17 de novembro de 2009

Horário: 9h às 18h
Contatos: pontoporponto@paulofreire.org (11) 3021-5536

Guerreiros Alagoanos)

Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil – Belém
Viva Favela – Papo Cabeça – Rio de Janeiro
Mocambos- Tainá – Campinas – SP
Núcleo de Comunicação Comunitária do Recife
Projeto Ganesha -SC
Rede Nordestina Audiovisual – PB
Eletrocooperativa – BA
Grãos de Luz e Griô – Lençóis- BA
Arraial do Saber –
Bankoma – Lauro de Freitas – BA
Anúncios

Projeto articula comunicadores comunitários em rede colaborativa

O projeto foi aprovado em edital do Navegapará e será implementado pelos Argonautas

Entre os vinte e três projetos aprovados pelo edital “Infocentros Navegapará: Ações Colaborativas para a Cidadania Digital”, está o projeto Rede Amazônia de Comunicadores Comunitários – REDECOM, apresentado pelos Argonautas, como uma ação complementar de continuidade do projeto Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil, realizado pelos Argonautas em convênio com o Ministério da Cultura.

Os comunicadores comunitários capacitados em oficinas de comunicação comunitária e cursos de comunicação popular serão articulados em uma rede de produção de informação e comunicação colaborativa. As ações terão base a infraestrura montada em quarenta infocentros do Navegapará, oitenta telecentros de pontos de cultura, e centenas de laboratórios de informática de escolas. Essa interação tem como objetivo de aprofundar pesquisas e práticas de comunicação comunitária em rede. Para isso serão criados meios de comunicação popular colaborativos, como webradio, webtv e blog, articulados em formato de rede social. Espera-se, com essa prática, ampliar a utilização dos infocentros, telecentros e laboratórios para usos mais qualificados, para além da informática básica, e disseminr o uso de plataformas livres.

As metas do projeto prevêm a realização de curso à distância sobre Redes Sociais distribuídas; a realização de oficinas de produção em audiovisual visando e a criação e gestrão de programas de webradio e webtv.

Entre os projetos aprovados pelo edital “Infocentros Navegapará: Ações Colaborativas para a Cidadania Digital”, cinco são ligados a pontos de cultura: Guamá conectado na Comunicação Comunitária pelo Desenvolvimento Local (Ponto Ananin – Ananindeua); Jovem em Rede (Ponto de Cultura Galpão de Artes de Marabá); REDECOM – Rede Amazônia de Comunicadores Comunitários (Pontão de Cultura Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil); Infocentro Cultura de Ouro (Ponto de Cultura de Ouro – Itaituba); e Vídeo na Escola (Coletivo Puraquê – Santarém). Como muitos projetos estão voltados para as áreas de Comunicação Social e de Tecnologia da Informação, isso fortalece mais ainda a rede de pontos de Cultura do Pará.

Fonte: Coordenação de Comunicação da Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil

Publicado originalmente em www.redejuvenil.com.br e www.redeamazoniajuvenil.ning.com