Posts com Tag ‘circuito polifônico’

Imagem

Ah Yum Hunab Ku Evan Maya E Ma Ho
Hoje, muitas conexões em Belém. Terna conversa sobre tudo que tem estimulado o despertar dos dias com os hermanos Caio e Juca. Conheci a Casa Fora do Eixo Amazônia. Espaço mais que demais! A galera ta mantendo os sonhos acesos. Conseguimos circundar a semente da turner norte da Picanha de Chernobill. Conexões com 14 escolas da região metropolitana de belém mais 8 no sul do Pará. Serão cerca de 30 dias por estes lados em uma agenda de 24 shows. A cidade esta super receptiva para essa nova safra de Rock’n’Roll! Eu to só felicidade. Entreguei o segundo cd da picanha para o Edgar Proença, Jayme Katarro, Marcelo Damaso, Roberto Figueiredo, Fabricio e Inoar.

Anúncios
Foto: Espaço Eco House, Rua Amaro Cavalheiro 158, São Paulo.
Aos amigos que estiverem em São Paulo nesse Domingo (24/02), vou estar presente na Eco House, em papo com Dani Botelho e os outros empreendedores sociais da casa.
O norte do papo tem haver com os projetos que o Circuito Polifonico tem empreendido deis de 2010, com diversos artístas, produtores, escritores, cineastas, dançarinos, musicos, pesquisadores, ou seja, um circuito de pessoas que desenvolvem ações de arte e cultura, regidos pelos principios de redes sociais distribuídas, pontos interconectados de pessoas que se organizam a partir de um (ou mais) pontos em comum, e que, fundamentalmente, agem de forma independente em sem hierarquia entre si, valorizando as relações humanas e a autonomia.A chegada em São Paulo em julho ate dezembro de 2012, serviu para aproximar novos parceiros, projetos e sonhos. Hoje, estamos mais orgânicos como amigos-artístas-sonhadores. Tendo espaços para receber e aprofundar olhares e relações, um desses ambientes é o Estúdio Lâmina, galeria de arte pilimorfa, que trabalha com 11 artístas residentes de forma independente. Outra, é a Airon Fidler Films, produtora de filmes que trabalha na construção do imaginário da cena independente e principalmente rock ‘n’ roll, tendo como cerne a banda Picanha de Chernobill. Ambos moradores do Centro Histórico de São Paulo.
O papo na casa tem como portas e janelas essas iniciativas muitas vezes expontâneas e não-institucional, afinal, ainda estamos nos conhecendo, mas estamos bem felizes (todos) pelo convite e interesse de partilhar poéticas do olhar. Tem sido bem interessante exercitar rodadas de negócios livres para cambiar tecnologias sociais, projetos, idéias criativas e colaborativas.

Imagem

Por Estúdio Lâmina

No próximo sábado, dia 08/12, a partir das 10H, o Estúdio Lâmina vai promover seu primeiro seminário para diálogar sobre o que vem sendo feito e pensado por artistas, produtores culturais, curadores, ativistas sociais, coletivos e galeristas em torno dos temas: patrimônio, memória e tecnologia social em rede. O ponto de partida que abrirá os diálogos sobre estas questões tão caras a nossa formação cultural será o mini-documentário ‘Mestres Carpinteiros Navais – conhecer para valorizar’, produzido pelo poeta, ator, e gestor cultural Samir Raoni, e, realizado em Vigia-Pará. Dois eixos temáticos irão nortear os debates que se seguiram após a apresentação do mini-documentário e cada um conduzido pelas experiências profissionais vividas por dois grandes artistas, articulares e realizadores da cultura contemporânea brasileira, Beto Brant e Baixo Ribeiro.

A produção audiovisual na formação da identidade e na valorização da memória cultural do Brasil será o eixo condutor para Beto Brant nos contar um pouco de sua trajetória cinematográfica na construção narrativa e ficcional que ele vem desenvolvendo em seus filmes a respeito da construção social, política e cultural do homem brasileiro.
Arte contemporânea, streat art e educação, será o ponto de partida para Baixo Ribeiro nos trazer as pioneiras contribuições que a galeria e o Instituto Choque Cultural vem realizando nos campos da promoção e difusão da arte urbana e suas contribuições na criação de novos processos educacionais.
Ao longo destes dias estaremos divulgando mais informações sobre nossos convidados e sobre os temas a serem dialogados neste seminário. Fiquem ligados!!!

Sede do Ponto de Cultura em Capanema

Breve Relato

Dia 07 de Junho

Diário de Bordo – Casarão na Estrada: Coluna FdE Pa, Amazônia Atlântica (Região do Salgado)

Hoje, foi à vez de visitarmos Capanema, o papo iniciou com a Banda Destruidores de Tóquio (DDT) e Ponto de Cultura, que já acompanha o trabalho do Fora do Eixo, mais que precisa ser atualizada do novo momento em que o FdE vive no Para através de seu Ponto de Gestão Compartilhada, pontuando os desafios e dando luz as oportunidades que estão sendo construídas. Queremos exercitar um dialogo mais dinâmico, de integração e acompanhamento, possibilitando o fortalecimento de uma rota que atenda as demandas das bandas, produtores e agentes culturais dos mais diversos seguimentos.

O dialogo atualizou nossa coluna e deu para visualizar muitas oportunidades para se concretizar de forma mais orgânica no segundo semestre.

Alguns encaminhamentos:

– Realizar uma ação de integração região do salgado (Capanema, Bragança e Primavera).

– Realizar um suporte de comunicação que valorize e de mais notoriedade as ações que Capanema desenvolve.

Formiguinhas construindo novos caminhos. Integração do bem!

Breve Relato
06 de junho de 2011
Diário de Bordo – Casarão na Estrada : Coluna FdE Para, Amazônia Atlântica (Região do Salgado)
O Ponto de Gestão Compartilhada do Circuito Fora do Eixo representada pelo Casarão Cultural Floresta Sonora, Movimento Curupira Antenado e Circuito Polifônico, que agregam 20 pontos de linguagem parceiros em sua Coluna, reuniram hoje, das 19h às 22h na Escola Estadual Inocêncio Soares 21 agentes culturais, representantes de projetos de Carimbó, Ação Juvenil, Memória e Musica.
A pauta era a atualização do Ponto FdE Local (Coletivo Mambembe) e apresentação da articulação que esta sendo feita nos municípios paraenses, tendo como principio a realidade local e a plataforma do Fora do Eixo, que vem praticando ações colaborativas, estabelecendo o dialogo com diversos movimentos populares, pontos de cultura, gestores públicos e iniciativas privadas.
Estiveram presentes os Secretários de Meio Ambiente, Cultura, Administração e Assistência Social do município de Primavera, que fica a 197 km de Belém.
Saiu como encaminhamento:
– Produção de uma tecnologia de mapeamento das produções e aparelhos de cultura. Facilitando a articulação e fortalecimentos da rota no eixo Pará.
– Planejamento da primeira ação do circuito de integração dos coletivos, bandas, agentes e gestores públicos da Coluna FdE Pará, envolvendo as três cidades da região do salgado (Capanema, Bragança, Primavera).

DOCUMENTOS DO WORKSHOP POLIFÔNICO

Publicado: 24 de janeiro de 2011 em Geral
Tags:

Boa noite,
Baixem os documentos usados no Workshop: O Projeto é um instrumento com quatro Finalidades realizado pelo Circuito Polifônico em parceria com o Casarão Cultural.
O Circuito Polifônico é a favor da livre circulação do conhecimento!

Nós realizamos neste mês de janeiro 7 workshops nas áreas de áudio, vídeo, produção, capitação, gestão e redes sociais. Os works acontecem em parceria com o Casarão Cultural Floresta Sonora e Movimento Curupira Antenado, visando o fortalecimento do circuito cultural da região e circulação da moeda social ‘muiraquitã’, que se baseia na troca de produtos e serviços solidários, alimentando a “vaca virtual do circuito cultura local”, facilitando a capitação de recursos privados e públicos.

BAIXAR ARQUIVO 1 – AS FINALIDADES DE UM PROJETO SOCIOCULTURAL.doc
BAIXAR ARQUIVO 2 – ELABORAÇÃO DE PROJETOS E CAPITAÇÃO DE RECURSOS.ppt

Os workshops foram desenvolvidos pela equipe de planejamento, sobre o acompanhamento da equipe de gestão e esta sendo divulgada pela equipe de comunicação polifônica.

Atenciosamente,

Equipe Circuito Polifônico

DIÁRIO-FEST-POLIFÔNICO

Festival Polifônico que acontece 11 e 12 de Fevereiro, confirma a polifônia do Circuito Jam, com pitadas de guitarradas e outros instrumentos, uma Jam Session com musicos da programação oficial e convidados polifônicos. Acompanhe nosso boletim informativo e nos adicione no facebook.