Arquivo de 23 de setembro de 2010

Ananindeua Ganha primeira Sala para exibição de grandes obras que marcaram a história do cinema, sempre com Entrada Franca!

De olhos bem abertos em quem tem os olhos meio fechados, o Cine Argonautas em parceria com a APJCC promove um ciclo de exibições com perolas do cinema oriental. Essa ação inaugura uma jornada da Associação em prol de criar um olhar mais atento a fantástica produção áudio-visual do oriente. O Brasil é o pais com maior numero de japoneses fora o japão, tendo aqui muitos imigrantes que deis do ciclo da borracha vieram para o Pará e passaram a fazer parte da realidade sociocultural desta terra, portal da amazônia. Brasileiros, filhos de gente que veio do outro lado do mundo, e que se adaptou harmoniosamente a nossa cultura; Já que poucos de nós vamos poder ir la fazer o mesmo, a APJCC propõe que façamos esse contato através da arte, através dos mestres orientais que emprestaram seus olhos à nós pelas lentes do cinema. O Ciclo Novos Orientes vai exibir cinco obras, entre eles 2 longas da primorosa animação japonesa que merece toda a sensibilidade de quem reconhece a verdadeira arte quando ela se apresenta. Enquanto alguns críticos discutem se esta pode ser considerada Arte como o cinema, alguns gênios como Miyazaki mostram que ela pode ser até mais.
(Lionay Dias, Samir Raoni e Thiago Oliveira)
Programação
(29/09) – Princesa Monnoke, Hayao Miyazaki
(06/09) – RAN, Akira Kurosawa
(13/10) – Dragão chines, Lo Wei
(20/10) – Sede de Sangue, Chan-wook Park
(27/10) – Túmulo dos Vagalumes, Isao Takahata
***
O Ciclo Novos Orientes vai acontecer nas sessões semanais que acontecem na Sala de Exibição do Restaurante Popular de Ananindeua (Cidade Nova VI, WE 72 com sn 22 – em frente a pça Dom Vincente Zico) à partir das 18h30, sempre com Entrada Franca!
O Ciclo vai iniciar com uma perola da animação japonese “Princesa Mononoke” de 1997, dirigida por um dos talentosos gênios do cinema de animação Hayao Miyazaki. O Cine tem a curadoria compartilhada entre os membros da APJCC, e nesses semestre exibirá também, grandes obras da cinematografia mundial, passando pela produção brasileira, americana, europeia, oriental e pelo cinema de animação.
Confira a sessão Princesa Mononoke (aqui)
Anúncios
*“Uma princesa entre os lobos , um mergulho nos princípios da natureza”

Sinopse:

Ashitaka é o jovem guerreiro do clã Emishi que é amaldiçoado ao defender a sua aldeia de um demônio criado pela violência humana. Assim, viaja até à região controlada pelo clã Tatara na esperança de compreender a maldição que lhe fora posta, antes que esta o mate. O que Ashitaka vai encontrar é um conflito entre os humanos e os deuses da floresta. Apanhado no meio do conflito, Ashitaka conhece San, a Princesa Mononoke, criada por lobos, e trava feroz brigas para acabar com os humanos que ameaçam a floresta. Ashitaka colocar-se entre San e Lady Eboshi, a líder do clã Tatara, procurando um meio de terminar a guerra.
Sobre o filme:
Em um épico sobre a tumultuosa relação do homem com a natureza, Miyazaki mostra como a animação tradicional japonesa, ao usar temas tão recorrentes como amor e ecologia, pode resultar em uma obra tão surpreendente. Com sua estética de sonho, ele pinta uma era de deuses ferais que, incapazes de defender a floresta da pólvora do homem, são consumidos por ódio e a vingança. Uma era, onde o homem também a perece entre guerras e pragas naturais, escolhendo domar a natureza para sobreviver. Sem maniqueísmos, Miyazaki combina politica e fantasia , príncipes e deuses, em uma guerra que não distingui lados, uma guerra onde sangue e lagrimas são os espólios, uma guerra como todas as outras.
Lionay Dias
SERVIÇO
Cine Argonautas apresenta “Princesa Mononoke”, de Hayao Miyazaki
Data: 29 de setembro (quarta-feira)
Horário: 18h30
Local: Sala de Exibição do Restaurante Popular de Ananindeua (Cidade Nova VI, WE 72 com sn 22 – em frente a pça Dom Vincente Zico)
ENTRADA FRANCA
Realização: APJCC e Cine Argonautas
Parceria: SEMMA e, Cine CCBEU, Ponto de Cultura Ananin e Rede Norte de Cineclubes (RNC)
Comentários: Lionay Dias, Samir Raoni e Thiago Oliveira
*Conferirá a Programação do Ciclo Novos Orientes (aqui)