Arquivo de 10 de novembro de 2009

Museu da Pessoa

O Pontão de Cultura Brasil Memória em Rede, do Museu da Pessoa, realizou um edital para selecionar organizações interessadas em participar de uma formação na metodologia do Museu da Pessoa. A formação acontecerá em São Paulo, no Museu da Pessoa em quatro etapas. A primeira acontecerá já no dia 13 e 14 de novembro próximos.

O objetivo é formar organizações e Pontos de Cultura que possuam interesse em desenvolver um projeto de memória ou que já estejam desenvolvendo e queiram aperfeiçoar sua técnica de registro de histórias de vida. A formação também tem o objetivo de integrar os participantes ao Brasil Memória em Rede, tecendo uma rede de contatos e troca de experiências entre esses e entre as outras organizações participantes.

As organizações selecionadas foram:

– Associação Rede Cananéia e Ponto de Cultura “Caiçaras”/IPeC
– Núcleo Memórias do ABC da Universidade Municipal de São Caetano do Sul
– Companhia As Bárbaras de Multeatro
– Associação da Comunidade de Remanescentes do Quilombo da Fazenda – Ubatuba/SP
– Ponto de Cultura Audiovisualistas (Associação Centro Cineclubista de São Paulo – CECISP)
– Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza
– Conectas Direitos Humanos
– Instituto Elos Brasil
– Instituto Fazendo História
– Associação Comunitária Monte Azul
– Museu Municipal Gustavo Teixeira
– Fundação Perseu Abramo – Centro Sérgio Buarque de Holanda – documentação e história política.
– Instituto Polis
– Reino da Garotada de Poá
– Centro de Pesquisa e Documentação São Miguel Paulista – Fundação Tide Azevedo Setubal
– Universidade Cruzeiro do Sul/Programa de Pesquisa em Educação de Jovens e Adultos – PROEJA/Centro de Documentação em Educação e Cultura – CEDEC.

Solicitamos aos selecionados que confirmem a presença até terça feira, dia 10 de novembro. Informamos que as organizações que se inscreveram mas não foram selecionadas serão mantidas em nosso mailing e informadas de nossas próximas formações.

Anúncios

Campanha Histórias de Mudança

O mundo não é estático, grandes ou pequenas histórias de mudança acontecem todos os dias ao nosso redor. E cada uma delas tem seu papel na construção coletiva da história humana. Partindo da certeza de que cada trajetória transforma, o Museu da Pessoa lança a campanha Histórias que Mudam o Mundo, ação que reunirá num painel colaborativo vídeos com histórias de mudança de todo o país.

Esta é uma notícia-convite. Convidamos interessados de qualquer lugar do Brasil e do mundo a assistir os vídeos com histórias de transformação que já estão no site http://www.museudapessoa.net/MuseuVirtual/hmm . A primeira fornada veio de uma releitura do acervo do Museu da Pessoa, instituição que busca contribuir para tornar a história de cada pessoa valorizada pela sociedade e já tem mais de onze mil entrevistas com histórias de vida em seus arquivos.

Esperamos que as próximas fornadas venham de vocês, internautas, produtores de vídeo e amadores dispostos em geral, queremos ouvir suas histórias de transformação. Vale mudança pessoal, crescimento individual ou aprendizado. Vale pequenas mudanças, aquelas do cotidiano que quase ninguém nota. Vale as enormes, que envolvem muitas e muitas pessoas. Vale a transformação de um local, de como aquela praça degradada foi recuperada ou como resolveram aquele problema no seu bairro. Vale também criações líricas, poéticas, que tal uma animação sobre aquela árvore que tanto representou para sua infância e agora se foi? Vale até mesmo críticas, gostaria de descer a lenha naquela transformação externa que mudou sua vida para pior? É uma boa hora, um grupo do Maranhão pretende contar como a soja cresceu demais em sua região e tomou terras de muitos produtores…

Queremos provas de que o mundo não fica parado. Vídeos que sejam ao mesmo tempo registro de uma transformação e exemplo de mudança, que inspirem outros a atuar ou alertem possíveis agressões. E não precisa se intimidar, cada um de nós é parte fundamental do todo, então quando uma pessoa muda ela carrega junto todas as outras.

A campanha fica no ar de 21/09 a 21/10, trinta dias de produção. A qualidade técnica não será fator fundamental, os vencedores serão escolhidos por votação popular, muito mais interessada em narrativas envolventes do que na arte final dos vídeos. Os vídeos devem ter um minuto, com uma tolerância de dez segundos para créditos ou aquele finzinho de fala, e só. Ah sim, o vídeo mais votado leva para casa um MacBook.

Não, o mundo não é estático. E queremos provar.ue

PontoporPonto

A rede social Ponto por Ponto, desenvolvida pelo Pontão de Cultura Instituto Paulo Freire, organiza a Oficina de Comunicadores Culturais entre os dias 16 e 17 de novembro, em Fortaleza (CE). O evento conta com o apoio do prêmio Areté Cultura Viva – Eventos em Rede da Secretaria de Cidadania Cultural do Ministério da Cultura.

O público-alvo são os comunicadores culturais de 30 Pontos de Cultura da região norte e nordeste. A partir do envolvimento dos Pontos na rede social, identificamos o papel fundamental desses atores. Eles são os responsáveis por divulgar as ações além dos limites dos seus Pontos, contribuindo para garantir a visibilidade e a consolidação do trabalho cultural, ainda que eles não tenham formação formal na área da comunicação.

O evento traz a importância e a atuação dos comunicadores em seus Pontos e propõe a prática de algumas ações no âmbito da comunicação, tendo em vistas a democratização dos acessos aos direitos humanos à comunicação e à cultura.

Pontos Participante

PONTOS NO ENCONTRO ARETÉ – FORTALEZA
PONTÃO INSTITUTO PAULO FREIRE
TV Navegar – Amazônia
Coco de Umbigada – Olinda-PE
Galeria Zoon de Fotografia – Natal- RN
Sons da Vila – Natal
Casa da Ribeira – Natal
Girassol (Guerreiros Alagoanos)
Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil – Belém
Viva Favela – Papo Cabeça – Rio de Janeiro
Mocambos- Tainá – Campinas – SP
Núcleo de Comunicação Comunitária do Recife
Projeto Ganesha -SC
Rede Nordestina Audiovisual – PB
Eletrocooperativa – BA
Grãos de Luz e Griô – Lençóis- BA
Arraial do Saber –
Bankoma – Lauro de Freitas – BA
ABD Antares – Piauí

Confira a Programação da Oficina>>>>

PONTOS NO ENCONTRO ARETÉ – FORTALEZA
PONTÃO INSTITUTO PAULO FREIRE
TV Navegar – Amazônia
Coco de Umbigada – Olinda-PE
Galeria Zoon de Fotografia – Natal- RN
Sons da Vila – Natal
Casa da Ribeira – Natal
Girassol (

Tarde – Círculo de Cultura

14 às 15h – Discussão em grupo sobre o papel dos Comunicadores Culturais nos Pontos de Cultura

15h às 15h20 – Problematização das questões discutidas

15h20 às 15h40 – Apresentação de vídeo

15h40 às 16h – Considerações sobre o vídeo

16h às 17h30 – Exercício da construção de ações e estratégias de comunicação em um Ponto de Cultura

17h30 às 18h – Apresentação dos resultados


17 de novembro

Manhã – Rede social virtual Ponto por Ponto


10h às 11h – Apresentação da rede:

  • Missão e objetivos do projeto

  • Plano de trabalho em eixos de atuação

  • Recursos de navegabilidade, critérios de comunicação e ferramentas tecnológicas

11h às 11h30 – Avaliação dos Pontos de Cultura sobre a rede social

11h30 às 12h30 – Debate sobre o funcionamento das redes sociais

12h30 às 14h – Almoço


Tarde – Pontão Rede Boca no Trombone


14h às 15h – Apresentação da experiência da rede de Correspondentes Cultura Viva:

  • O que é o Pontão Rede Boca no Trombone?

  • Apresentação do vídeo da TV Futura sobre a rotina de produção

15h às 15h30 – Apresentação do Programa Ondas das Cultura

Escuta da edição nº 32 do programa e exercício de roteiro

15h30 às 16h30 – Exercício em grupos para a produção de um programa de rádio:

  • Elaboração de texto e roteiro para a gravação

  • Gravação de áudios e locuções

16h30 às 17h30 – Formação da Rede de Correspondentes Cultura Viva:

  • Escuta do material produzido

  • Apresentação do site da ONG Catavento

  • Instrução de como fazer o download na web do programa realizado

  • Como contribuir com a Rede de Correspondentes

17h30 às 18h – Avaliação e encerramento das atividades do evento


18 de novembro

(atividade opcional)

Manhã

9h às 13h – Oficina Prestando Contas


Serviço

Oficina de Comunicadores Culturais

Local: SESC Iparana
Rua José de Alencar, 150 – Fortaleza (CE)

Data: 16 e 17 de novembro de 2009

Horário: 9h às 18h
Contatos: pontoporponto@paulofreire.org (11) 3021-5536

Guerreiros Alagoanos)

Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil – Belém
Viva Favela – Papo Cabeça – Rio de Janeiro
Mocambos- Tainá – Campinas – SP
Núcleo de Comunicação Comunitária do Recife
Projeto Ganesha -SC
Rede Nordestina Audiovisual – PB
Eletrocooperativa – BA
Grãos de Luz e Griô – Lençóis- BA
Arraial do Saber –
Bankoma – Lauro de Freitas – BA