VIVÊNCIA TEMPO É ARTE: ARTE E CULTURA PELO REENCARTANDO DO MUNDO

Publicado: 21 de outubro de 2009 em Moda
Tags:

VIVÊNCIA TEMPO É ARTE: ARTE E CULTURA PELO REENCARTANDO DO MUNDO

Estamos vivendo em um momento da história em que precisamos REENCANTAR a vida, os sonhos. Desacelerar essa marcha da falta de tempo para olhar o mundo e suas cores, flores, experimentar sabores. Essa velocidade esta em tudo: trânsito, fabricas, casas… Essa velocidade tem inviabilizado aquele tempo nosso, de sentar no chão e desenhar, descobrir prazer em universos mais nossos.

Se não estamos tendo tempo para nos reinventar, estamos apenas reproduzindo o desencantamento do mundo e é o caminho inverso que acredito que devemos seguir. A velocidade do tempo é relativa no universo, o sincronismo depende da forma que interagimos com o meio, e a partir do meio, e da relação com ele, influenciamos no desencantamento ou (re)encantamento do mundo.

É nessa necessidade de desacelerar, de sentir o sol nascer, circundar no céu de forma cíclica para ao fim da tarde se pôr, dando lugar as estrelas e seu céu infinito de uma lua que de tão nova fez renascer um outro encantamento para o mundo. É Refletindo o tempo, a relação humana, a arte e suas mais plurais linguagens que o Coletivo Samaúma – Arte Educação Ambiental convida-o para participar da vivência TEMPO É ARTE: ARTE E CULTURA PELO REENCANTAMENTO DO MUNDO que acontecerá no Sítio Refazenda Unidade Demonstrativa de Permacultura nos dias 23, 24 e 25 de Outubro.

O sítio Refazenda, é um espaço de 3,6 hectares, onde são exercidos os conceitos emergentes de sustentabilidade humana focada na Permacultura como: Casas bio-construídas e bio-climatizadas, telhados vivos, cozinha e galinheiro ecológicos, banheiro compostável, bioremediação de águas servidas, hortas-mandala, cultivo de plantas de uso alimentar, fitoterápico, aromático, paisagístico, fogão e forno de barro e viveiro de mudas.

Essa vivência tem por objetivo desenvolver linguagens intuitivas entre os envolvidos, ampliando a percepção através de musicas intuitivas, que trás como proposta uma pedagogia prática, com musicas manifestadas no intuir, expressa no sentir e compartilhada no interagir. Vivenciaremos Rodas Encantadas para desenvolver o REENCANTAMENTO COLETIVO tendo como principio que o mundo é uma vivência coletiva, por isso precisamos no (re)conhecer enquanto seres em processo de evolução.

A vivência é um desenvolvimento COLETIVO, por isso, temos um desafio coletivo para alem do individual.

O Coletivo Samaúma – Arte Educação Ambiental irá realizar essa vivência em parceria com o Sítio Refazenda – Unidade Demonstrativa de Permacultura inspirada nos artistas, pontos de cultuara, associações comunitárias e projetos de várias cidades do país que temos tido a oportunidade de conhecer e (re)conhecer como elos transformadores. Destaco em especial as vivências com artista Dan Baron, presidente da Associação Internacional de Drama Educação (IDEA). Dan Baron muito tem me inspirado, sensibilizado sobre o fazer arte, semear arte e compartilhar arte… Dan Baron é idealizador do projeto Rios de Encontro que formou artistas, jovens, educadores e lideranças comunitárias através de uma vivência de Transformance para cultivar a alfabetização cultural, experimentação estética e reflexão crítica como recursos de cidadania, desenvolvimento comunitário e transformação social.

Em 1999, Dan Baron foi convidado para colaborar na criação de uma obra artística que gritasse ao mundo a dor das milhares de vítimas sem terra, sem teto, sem memória e que transformasse o Massacre de Eldorado dos Carajás em uma marca nacional de cicatrização e formação humana. No processo, ele encontrou seu futuro, trocou seus sapatos do primeiro mundo pelo chinelo-de-dedo brasileiro e mudou de país.

No aeroporto da cidade de Marabá, na região sudeste do Pará, pisou no chão quente e úmido, a chuva subia ao céu como numa inversão dos sentidos. Levaram-o para uma casa velha, e sentado na rede com a brisa do rio, ouviu as primeiras histórias da ‘Velha Marabá’, enquanto se preparava para encontrar a paisagem dolorosa de uma Amazônia devorada e ferida. Naquele momento não imaginava que nove anos mais tarde, na mesma Velha Marabá um encontro entre artistas, num Galpão de Artes, no coração da origem de tudo aquilo que lhe abalava cultivaria afluentes de esperança e lhe levaria a mergulhar nas águas profundas no encontro dos Rios Tocantins e Itacaiúnas.

Lá estava ele, tão próximo ao Cabelo Seco, ponta épica de confluência dos rios da história, na sede do Ponto de Cultura do Galpão de Artes de Marabá. Passado de pai para filhos, da arte da engenharia à arte da identidade, exposta nas entranhas, nos telhados, nas paredes, o Galpão busca as artes que possam transformar a vida de crianças e adolescentes de um bairro ignorado, afogado nas mazelas labirintuosas que

é belo, cheio de arte, descoberta e reencantamento.

A Vivência TEMPO É ARTE: ARTE E CULTURA PELO REENCANTAMENTO DO MUNDO será um momento de reflexão-prática que terá como acervo de ampliação de consciência o livro ARTE E CULTURA PELO REENCANTAMENTO DO MUNDO de Hamilton Faria, Pedro Garcia, Bené Fonteles e Dan Baron.

Essa reflexão prática se dará através da pedagogia da roda, musicas intuitivas, exibição de vídeos-consciência e muitas dinâmicas corporais e plasticas, utilizando exercício de canto, respiração e comunicação sensitiva e intuitiva.

OS TEMAS QUE VAMOS REFLETIR NA VIVÊNCIA SÃO OS MESMOS DO LIVRO CITADO ACIMA:

  • A ARTE COMO REENCANTAMENTO DO MUNDO

  • ARTE E IDENTIDADE CULTURAL

  • ARTE E EDUCAÇÃO

  • A CONEXÃO ARTE-SOCIEDADE

  • ESTIMULAR A RESPONSABILIDADE SOCIAL DO ARTISTA

  • DEFENDER Á CIDADANIA CULTURAL

  • FORTALECER A DIVERSIDADE CULTURAL DOS PAÍSES E REGIÕES

  • ESTIMULAR A INTERCULTURALIDADE

  • FORTALECER A IDENTIDADE CULTURAL FRENTE AO PROCESSO DE GLOBALIZAÇÃO

  • CONSTRUIR A CULTURA DE PAZ

  • A FUNÇÃO DA ARTE

programação

INTERVENÇÃO

Local: Sítio Refazenda (mapa)
Data: 23 á 25/10/09 (sexta á domingo)

* Pedimos que todos tragam alimentos para nossas refeições diárias.

Solicitamos a parceria do Pontão de Cultura Rede Amazônica de Protagonismo Juvenil, projeto realizado pelos Argonautas Ambientalistas da Amazônia para poder cumprir todas as demandas da atividade.

Sicronizando

  • Pedimos que faça a inscrição somente as pessoas que tem a disponibilidade de cumprir essa data.

  • Pedimos que todos cheguem de 15 as 17h do Dia 23/10.

Nosso Blog: www.samauma.wordpress.com

Mail’s: coletivosamauma@yahoo.com.br

Contato: (91) 8181-4994

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s